fbpx
a guilda a

Guilda A o estúdio das minas

No condado Belo-Horizontino, entre os mamelonares de Minas Gerais, encontramos um povo animado com seus trens e coisas coisadas. São diversos os bancos em que sentam para tomar um café com biscoitos e queijos, contar causos e lendas de seus heróis. Sem render muito nas palavras (gostam de engolir letras), cantam badaladas em tavernas com boas aguardentes e cervejas. Um condado que se destaca pelas belas paisagens e jeito caboclo de seguir a vida.

Essas características não impedem que seus habitantes sejam heróis épicos, confiantes e habilidosos. Percorrem grandes jornadas atrás de aventuras, descobertas e tesouros. São os responsáveis por tornar o condado forte e resistente. Ele está se expandindo. Seus habitantes precisam de confiança, criatividade e força para crescer juntos, enquanto se adaptam às mudanças.

Uma coisa estranha está tomando conta desses heróis.

Uma magia paira sobre essa gente fazendo-os perder sua confiança, duvidar de suas habilidades. Um verdadeiro perrengue para esses aventureiros, que estão a perder suas forças ao longo da caminhada.  Em suas desafiadoras jornadas, os heróis estão necessitam de apoio, novas ferramentas, auxílio e direção.

No meio desse condado, no topo de uma colina, encontra-se a Guilda A. Uma sábia anciã sempre disposta a ajudar os que precisam. Ela é enigmática e usa diversas estratégias para despertar nos aventureiros sua própria capacidade criativa, para que possam encontrar saídas e formas de resolver suas batalhas. A Guilda A anseia por ver seu condado crescendo e desenvolvendo, trazendo novas histórias de aventuras fantásticas e tesouros. Por isso busca a confiança dos aldeões para desenvolverem juntos suas habilidades e conexão com sua  criatividade para lutar contra essa magia em expansão.

Até a próxima saída do Sol, na entrada do equinócio de Outono, espera ter mostrado da melhor forma o grande poder existente na união entre as academias de artifícios arcaica e a moderna.

A Guilda A é um estúdio criativo liderado por mulheres empreendedoras, designers, fazedoras, aventureiras. Estamos em busca de respostas para as perguntas: Quem são as criativas e criativos do nosso país Beagá? Do que se alimentam? Onde circulam?
Adoramos e somos pessoas ansiosas por explorar o mundo com nossas própria mãos. Achamos que isso nos torna mais criativas. Você concorda?
Experimentamos as muitas formas de se combinar os meios de fabricação tradicionais e a fabricação digital.
Esta imagem é a releitura de um mapa antigo de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, Brasil. Quando a cidade era um pouco mais do que a Avenida Contorno. Este é o condado querido da Guilda A, nossa casa.

Comunidade Maker

A nossa guilda faz parte de uma comunidade de fazedores apelidada Trem Maker. A gente se vê como parte de outras tribos desse condado. Valorizamos o local e o feito com carinho.
Bico injetor de polímero de uma máquina de impressão 3D em seu ponto de origem. Podemos ver o motor do eixo Z e os trilhos e mesa aquecida da máquina.

fabricação digital

A Impressão 3D, o corte ou a gravação a laser, o fresamento CNC são tecnologias incrivelmente versáteis. Para nós elas são ferramentas empoderadoras para aqueles que desejam fazer produtos e experimentos com precisão, rapidez a custos acessíveis.

Fabricação Tradicional

Marcenaria, serralheria, costura, bordado, confeitaria e tantos outros. Como nutrimos um profundo respeito e carinho pelo meios tradicionais de manufatura.
oficina joalheria personalizável - guilda a + faz makerspace

Criatividade

Para a gente a criatividade é um músculo. Pode ser desenvolvida, precisa ser nutrida e treinada!

Oficina de Autômatos com Gui Pinho no Faz Makerspace

#companheiras de jornada conheça nossas aventureiras

A Guilda A hoje é uma empresa liderada por mulheres que levam a fabricação muito a sério. Fazemos, pois fazer com nossas próprias mãos é um estilo de vida.
E essa é a nossa escolha.

TOP

X